Quero agradecer os vários emails que tenho recebido e o carinho de todos que me visitam. Criei esse blog com o único objetivo de trocar ideias no trabalho com crianças na igreja. Também posto as lições de cada trimestre, que retiro do site http://www.advir.com/criancas/ onde baixo todos os auxiliares. Por isso não vejo a necessidade de colocar aqui, todas as partes de cada lição. Até quando puder continuarei postando apenas as histórias das lições, que estão nos auxiliares. Além de atividades e outras coisas mais. Espero estar ajudando e gostaria também de receber ideias novas. E assim continuar com esse site, que considero um trabalho na obra de Deus. Um grande abraço. Malu

domingo, 30 de maio de 2010

Quem é o Meu Próximo?

Lição 10 dos Juvenis 5 de junho de 2010

COMUNIDADE – Compartilhamos o amor de Deus em nossos relacionamentos.
➥➥Verso Para Memorizar
“Ele respondeu: ‘Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento’ e ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.’” Lucas 10:27.
➥➥Referências
Lucas 10:25-37; O Desejado de Todas as Nações, p. 497-505.
➥➥Objetivos
O aluno deverá:
Saber que os cristãos atendem às necessidades humanas sem preconceito de etnia, língua ou religião.
Sentir uma amorosa preocupação por todos os necessitados. Ajudar alguém necessitado.
➥➥Mensagem Central
Porque amamos a Deus, qualquer pessoa necessitada se tornará o nosso próximo.

Resumo da Lição
Certo dia, um mestre da lei perguntou a Jesus o que deveria fazer para herdar a vida eterna.
Jesus respondeu perguntando o que estava escrito na lei. O doutor da lei deu a resposta certa, dizendo que deveria amar a Deus de todo o coração e ao próximo como a si mesmo. Jesus concordou com ele e o doutor fez outra pergunta: Quem é o meu próximo? Jesus respondeu com uma parábola. Um viajante foi atacado por ladrões. Dois cidadãos importantes, religiosos, passaram por ele e não ajudaram. Então, um estrangeiro passou e ajudou o viajante até que ele se recuperasse. Quando Jesus perguntou qual deles agiu como o próximo da vítima dos bandidos, o doutor da lei respondeu afirmando ter sido o que demonstrou misericórdia.
Esta lição fala sobre comunidade. Em nossa vida diária nos deparamos com muitas pessoas diferentes. Algumas são influentes, outras são pobres, enquanto outras ainda são diferentes em termos de etnia e procedência. Vivemos num mundo que parece estar cada vez menor. Os avanços tecnológicos, aliados à falta de alimentos e recursos minerais, estão fazendo com que todos nós dependamos cada vez mais uns dos outros.
Jesus sabia que sempre precisaríamos estender as mãos uns aos outros. Como cristãos, somos chamados a ajudar todos os necessitados, sem levar em conta a etnia, a cor da pele, o idioma ou a religião. Quando vivemos essa verdade, Deus sorri. Ele Se alegra com os que demonstram amor por Ele através do serviço ao próximo.

Introduzindo a História Bíblica
Dar tempo para respostas. Se vocês estivessem com frio, o que fariam? Se estivessem na prisão, o que desejariam que alguém fizesse por vocês? Se estivessem com fome, o que desejariam?
Nós amamos a nós mesmos o suficiente para cuidarmos de nós. Se, por alguma razão, não podemos cuidar de nós mesmos, esperamos e oramos para que outra pessoa venha até nós para nos ajudar.
Vocês já estiveram em necessidade, e incapaz de cuidar de si mesmos? Incentivar a participação dos juvenis.
Nossa lição de hoje fala sobre como compartilhar o amor de Deus com os outros, ajudando-os em suas necessidades.
PORQUE AMAMOS A DEUS, QUALQUER PESSOA NECESSITADA SE TORNARÁ O NOSSO PRÓXIMO.

Vivenciando a História
Escolher alguns alunos para representarem: Jesus, doutor da lei, viajante, dois ou três ladrões, sacerdote, levita, samaritano, dono da pensão. Pedir que representem a história através de mímica enquanto ela é lida.
Posicionar os alunos da melhor forma e dizer que devem representar exatamente o que é lido na Bíblia, sem falar nada ou fazer qualquer ruído. Ler Lucas 10:25-37.

Analisando
Dar tempo para respostas. Como vocês se sentem ao passar por um necessitado? O que sentiriam se fossem a pessoa necessitada e vissem todos passando sem fazer nada? Como seria ver alguém ajudando quando você mesmo não fez nada? Com qual personagem da história você mais se identifica? Com quem menos se identifica?

Aplicação da Lição
O Que Está Acontecendo?
Com antecedência, escrever as situações abaixo em pedaços de papel e colocar nos envelopes. Fazer um papel para cada três alunos. Em classes maiores repetir as situações ou criar algumas diferentes:
• Um aluno da escola parece solitário.
• O jardim do vizinho idoso está cheio de ervas daninhas e a grama está enorme.
• Um aluno novo da sua classe está sendo o “bode expiatório” na hora do recreio.
• Um mendigo está dormindo no banco de um parque em que você passa no caminho para a escola.
• Os pais de alguém que você não conhece muito bem estão se divorciando.
• Duas crianças estão brincando perto da igreja toda vez que você vem à Escola Sabatina.
• Uma família do condomínio, ou prédio em que você mora, está com dificuldades financeiras porque o chefe da família está desempregado.
Dividir a classe em grupos de três alunos. Pedir que cada grupo pegue um papel do envelope.
Dizer-lhes que eles têm três minutos para debater a situação, decidir como ajudar e como representar para os colegas da classe o que gostariam de fazer.
Quando terminar o tempo, pedir que cada grupo represente sua situação. O restante da classe deverá tentar adivinhar o que eles estão fazendo.

Partilhando a Lição
Adote um Próximo
Vamos analisar três áreas de sua vida nas quais você pode encontrar uma pessoa necessitada durante esta semana: lar, escola e igreja. Escrever as três categorias no quadro, como títulos. Quais são algumas necessidades que você pode satisfazer numa dessas áreas durante esta semana?
Escrever as ideias nas colunas abaixo dos títulos, deixando os alunos contribuírem o quanto desejarem. Alguns juvenis mais tímidos podem não participar, mas estarão tendo ideias.
Ao terminarem a lista, pedir que os alunos escolham uma ideia ou pessoa, e se comprometam a preencher uma necessidade ou praticar um ato de bondade inesperado durante a semana. Eles poderão relatar o que fizeram no próximo sábado.
PORQUE AMAMOS A DEUS, QUALQUER PESSOA NECESSITADA SE TORNARÁ O NOSSO PRÓXIMO.

Encerramento
Orar para que Deus revele Seu amor a cada um dos alunos durante a próxima semana, e que eles possam compartilhar este amor, amando ao próximo que esteja passando alguma necessidade.

Dinâmica

QUEM É O MEU PRÓXIMO?

Objetivo e sentido
Ninguém pode ser feliz sozinho. Talvez você já tenha experimentado que a verdadeira felicidade se encontra na capacidade de sair de si mesmo, indo ao encontro do outro. Ninguém é tão auto-suficiente que não precise dos outros. Quanto mais nos esvaziamos de nós mesmos, mais nos plenificamos de Deus e mais ajudamos o nosso próximo.
Aqui não se trata tanto de dinâmica, e sim de momento de oração pessoal e de partilha.

Primeiro passo: o texto
1. Leia saboreando e refletindo sobre o texto de Lc 10,25­-37.

Segundo passo: reflexão
1. A parábola do bom samaritano é perene.
Sempre existe alguém despojado, ferido, abandonado, marginalizado no meio do seu caminho. Parece que sempre tem alguém "atrapalhando" o trânsito da vida.
Hoje, mais do que nunca o mundo está cheio de pessoas maltratadas, despojadas, injustiçadas, diminuídas, margi­nalizadas, oprimidas, violentadas... pelas mãos de muitos assaltantes. O mundo precisa de bons samaritanos, de se­guidores convictos e decididos por Jesus Cristo; cristãos que queiram dar tempo, suor, bens, saúde e a própria vida para que outros possam experimentar a alegria de viver.
Somos peregrinos do único Absoluto, que é Deus. Tudo na vida passa, só o amor fica. Todo gesto é importante para aquele que caminha com fé, na solidariedade, construindo uma vida mais digna de ser vivida. "Vá e faça o mesmo."

Terceiro passo: retomar o texto
1. Num clima de fé e de oração, oriente-se por estes pon­tos:
a) Localize no texto de Lc 10,25-37, as oito personagens do episódio. Ao mesmo tempo, identifique cada per­sonagem com a limitação ou virtude que apresenta:

Personagem      Limitação     Virtude

1

2

3

4

5

6

7

8

b) Verifique sua vida e, a partir dela, veja com quais dessas personagens se identifica mais e por quê.

c) Seu próximo é aquele de quem você se aproxima. Na sua vida diária, de quem mais se aproxima? De quem "faz voltas" para não cruzar no caminho? Por quê?

d) Ser cristão é fazer alguma coisa pelo seu próximo.

  1. O que você faz pelos seus semelhantes?
  2. Qual a motivação de fundo que o leva a ajudar as pessoas?
  3. Está contente com o que faz pelo próximo?
  4. Onde e como pode ajudar mais?

e) O cristão é chamado a conjugar em sua vida diária o verbo FAZER: "És tu, Senhor, que me chamas"; "Tudo o que fizerdes a um dos meus irmãos é a mim que o fazeis"; "Vá e faça o mesmo". O que já FIZES­TE por Cristo, o que FAZES por ele e o que FARÁS por Jesus Cristo?
f) Escreva, com suas próprias palavras, uma oração a Jesus Cristo, a partir das reflexões feitas.

g) Ou tente desenhar algo que retrate:

  1. o seu momento presente;
  2. a sua missão;
  3. a sua vida;
  4. a sua história;
  5. a sua caminhada até aqui...

Fonte: http://www.pjestigmatina.com/quem_somos.html

Um comentário:

Cris disse...

Olá, tia Malu.
Obrigada por disponibilizar ideias e trabalhos tão abençoados por Deus. Toda semana entro aqui pra obter ajuda.
Mais uma vez agradeço de S2.

Bjs
Cris