Quero agradecer os vários emails que tenho recebido e o carinho de todos que me visitam. Criei esse blog com o único objetivo de trocar ideias no trabalho com crianças na igreja. Também posto as lições de cada trimestre, que retiro do site http://www.advir.com/criancas/ onde baixo todos os auxiliares. Por isso não vejo a necessidade de colocar aqui, todas as partes de cada lição. Até quando puder continuarei postando apenas as histórias das lições, que estão nos auxiliares. Além de atividades e outras coisas mais. Espero estar ajudando e gostaria também de receber ideias novas. E assim continuar com esse site, que considero um trabalho na obra de Deus. Um grande abraço. Malu

sábado, 17 de julho de 2010

Fé Notável

Lição 4 dos Adolescentes 24 de julho de 2010

Texto Bíblico: Romanos 1-3; João 15:19 e 20.
Comentário: O Grande Conflito, capítulos 7 e 8.
Verso Bíblico: Romanos 1:17.

I. SINOPSE
Martinho Lutero passou por um período tão grande em depressão que, certa vez, sua esposa apareceu toda vestida de preto. Martinho Lutero perguntou: – Quem morreu?
– Deus – ela respondeu.
– Deus não morreu – ele disse.
– Então, viva e aja de acordo com isso.
Até mesmo Martinho Lutero, o famoso reformador, foi um homem que enfrentou lutas interiores como todos nós. É muito importante lembrar-se disso ao ensinar aos alunos sobre esse grande homem de fé e coragem. Ao expor o lado humano de Lutero, os alunos poderão enxergá-lo como realmente foi – um homem comum usado por Deus para fazer coisas extraordinárias.
Da mesma forma, a classe da Escola Sabatina está repleta de adolescentes comuns que Deus deseja usar para realizar maravilhas. Ao apresentar Martinho Lutero como uma pessoa real, cheia de fraquezas e sujeito a dúvidas, você revelará a habilidade de Deus de usar pecadores defeituosos e falíveis para atingir os Seus propósitos.
A história de Martinho Lutero está repleta de vários temas bíblicos. Explore a teologia de Lutero e ressalte alguns dos temas mais importantes e fundamentais para o cristianismo – a justificação pela fé, a experiência da salvação e a autoridade da Bíblia. Se desejar, ressalte também outras lições conforme apresentadas na descrição de Ellen White a respeito desse grande reformador – a importância dos pais para a educação dos filhos, a disposição de dar a vida por suas convicções e a importância da oração. Há inúmeras lições preciosas que podem ser aprendidas com a experiência desse homem comum usado por Deus para mudar o curso da história.

II. ENSINANDO A HISTÓRIA
Uma Ponte Para a História
Comente com os alunos em suas próprias palavras: Da mesma forma, Deus vem em nossa direção naquela mesa de piquenique vazia chamada vida. Ele estende a toalha de linho branco sobre a mesa, olha para você segurando o sanduíche de restos e diz: – Por que não juntamos o nosso lanche? Você precisa de perdão? Tenho mais perdão do que você jamais poderá usufruir durante a vida.
Ellen White escreveu: “Cristo foi tratado como nós merecíamos, para que pudéssemos receber o tratamento a que Ele  tinha direito. Foi condenado pelos nossos pecados, nos quais não tinha participação, para que fôssemos justificados por Sua justiça, na qual não tínhamos parte. Sofreu a morte que nos cabia, para que recebêssemos a vida que a Ele pertencia. ‘Pelas Suas pisaduras fomos sarados.’ Isa. 53:5.”
Martinho Lutero expressou da seguinte maneira: “Esse é o mistério da riqueza da graça divina pelos pecadores; pois por uma troca maravilhosa os nossos pecados não mais são nossos, mas de Cristo, e a justiça de Cristo não é de Cristo, mas nossa.”
Essa foi a mensagem principal que fez com que Martinho Lutero fosse perseguido. A Igreja Católica ensinava que os seres humanos
deveriam ganhar a salvação através da compra de indulgências. Lutero declarou que a justiça era obtida apenas pela fé – gratuitamente concedida a todos que pedissem.

Apresentando o Contexto e o Cenário
Use as citações e informações a seguir para apresentar alguns personagens mais importantes da história de Martinho Lutero.
Os pais e a família de Martinho Lutero “Os pais de Lutero dispensavam grande cuidado à educação e ensino dos filhos. Esforçavam-se por instruí-los no conhecimento de Deus e prática das virtudes cristãs.” – O Grande Conflito, p. 121.
“Martinho Lutero, filho de Hans Lutero e sua esposa Margarethe Lindemann, nasceu em 10 de novembro de 1483 em Eisleben, Alemanha. Hans Lutero administrava minas de cobre e atuava como um dos quatro representantes civis do conselho local. O teólogo Martin Marty descreveu a mãe de Lutero como uma mulher trabalhadeira de classe média. Marty afirmou que os inimigos de Lutero mais tarde descreveriam sua mãe de forma equivocada como uma meretriz e assistente de banho. Martinho Lutero teve vários irmãos e irmãs. Sabe-se que tinha muita afinidade com um deles, Jacob.” Staupitz “Quando pareceu a Lutero que tudo estava perdido, Deus lhe suscitou um amigo e auxiliador. O piedoso Staupitz abriu a Palavra de Deus ao espírito de Lutero, mandando-lhe que não mais olhasse para si mesmo, que cessasse a contemplação do castigo infinito pela violação da lei de Deus, e olhasse a Jesus, seu Salvador que perdoa os pecados.” – O Grande Conflito, p. 123.
“Johann Von Staupitz foi teólogo, padre universitário e dirigente máximo dos monges agostinianos na Alemanha. O próprio Lutero
afirmou: ‘Se não fosse pelo Dr. Staupitz, teria afundado no inferno.’ Apesar de ter falecido como monge católico e rejeitado a Reforma Protestante, Staupitz mais tarde foi considerado um sacerdote no Calendário dos Santos da Igreja Luterana.” Tetzel “Tetzel, o oficial designado para dirigir a venda das indulgências na Alemanha, era culpado das mais vis ofensas à sociedade e à lei de Deus; havendo, porém, escapado dos castigos devidos aos seus crimes, foi empregado para promover os projetos mercenários e nada escrupulosos do papa.” – O Grande Conflito, p. 127.
“Johann Tetzel foi padre dominicano, talvez mais bem conhecido por ter vendido indulgências e pela frase atribuída a ele: ‘Tão logo tilintar a moeda lançada na caixa, a alma sairá voando do purgatório para o Céu.’ Em 1517, Tetzel tentava angariar – através das indulgências – doações em dinheiro para a construção da Basílica de São Pedro, e crê-se que Martinho Lutero tenha se inspirado nele ao escrever as suas 95 teses, em parte, devido às ações de Tetzel durante esse período.”
Melâncton “A providência de Deus enviou Melâncton a Wittenberg. Jovem, modesto e tímido nas maneiras, o são discernimento de Melâncton, seu extenso saber e convincente eloquência, combinados com a pureza e retidão de caráter, conquistaram admiração e estima gerais.” – O Grande Conflito, p. 134.
“Philip Melâncton apoiou Lutero nos debates de Leipzig com Johann Eck em 1519. No mesmo ano, graduou-se em teologia. Sua
tese defendia muitos dos pontos críticos da reforma de Lutero: a justificação pela fé e a oposição à autoridade papal. Lutero descreveu a relação que tinha com Melâncton de forma bem precisa: ‘Sou áspero, impetuoso, tempestuoso e no geral agressivo. Devo remover pedaços de madeira e pedras, cortar os
cardos e espinhos e limpar as florestas selvagens, mas Mestre Philip achega-se de maneira mansa, delicadamente semeando e regando com alegria, de acordo com os dons que Deus lhe concedeu abundantemente.’”
Aleandro
“Aleandro trabalhou com toda a força e astúcia que possuía, para conseguir a condenação de Lutero.” – O Grande Conflito, p. 147.
Girolamo Aleandro (também conhecido como Hieronymus ou Jerome Aleandro) foi cardeal italiano.

III. ENCERRAMENTO
Atividade
Encerre com uma atividade. Explique em suas próprias palavras. Recrie a Dieta de Worms na versão moderna. Monte uma corte judicial que julgará o caso de Martinho Lutero. Peça para os alunos fazerem uma pesquisa sobre as principais acusações da Igreja Católica contra Lutero.
Para a encenação, você precisará dos seguintes personagens:
Martinho Lutero (réu), Advogado de defesa, Advogado de acusação, Juiz, Júri (formado pelo restante da classe).

Resumo
Compartilhe os seguintes pensamentos, usando suas próprias palavras: Escreva as perguntas abaixo em pedaços de papel. Divida a classe em pequenos grupos e entregue uma pergunta para cada equipe. Instrua os grupos a discutirem sobre a pergunta que receberam. Após a discussão, o grupo deverá respondê-la com uma única sentença. As respostas deverão ser escritas no papel e partilhadas com a classe.
1. O que a história de Martinho Lutero nos ensina sobre cristianismo?
2. O que a história de Martinho Lutero nos ensina sobre convicção?
3. O que a história de Martinho Lutero nos ensina sobre salvação?
4. O que a história de Martinho Lutero nos ensina sobre a Bíblia?
5. O que a história de Martinho Lutero nos ensina sobre educação cristã?

Dicas Para um Ensino de Primeira Linha
Ensinando História com uma Caixa de Lenços
David R. Wetzel sugere o uso de uma caixa de lenços para ensinar história. Por meio dessa abordagem, os alunos pesquisam eventos históricos e partilham as descobertas com os colegas.
Instrua os alunos a colar os resultados da pesquisa nos lados indicados da caixa de lenços. Incentive-os a usar a criatividade e ao mesmo tempo permanecer fiéis aos dados históricos encontrados.
Você pode ensiná-los, por exemplo, a respeito da Dieta de Worms orientando-os a trabalharem individualmente ou em grupos para decorar a caixa de lenços da seguinte maneira:
• Parte superior: Título e/ou representação artística do evento.
• Parte inferior: Citação das fontes de pesquisa usadas para consulta das informações a respeito da Dieta de Worms.
• Lado 1: Breve descrição do evento, incluindo fatos a respeito da Dieta de Worms.
• Lado 2: Representações artísticas do evento histórico, como desenhos, fotos, colagens, etc.
• Lado 3: Citações de Ellen White a respeito da Dieta de Worms.
• Lado 4: Descrição do impacto da Dieta de Worms na história cristã.

Um comentário:

apec disse...

Tia Malu,gosto muito da maneira como a sua igreja trabalha com as nossas crianças e adolescentes brasileiras.Sou da Ass.de Deus,mas,nem por isso vou deixar de admirar o vosso trabalho.Parabéns a todos da igreja Adventista.Vamos todos servir a Deus com alegria.Gostaria de que publicasse a historia de Nikole(Bulgária).Andrea/Guarulhos