Quero agradecer os vários emails que tenho recebido e o carinho de todos que me visitam. Criei esse blog com o único objetivo de trocar ideias no trabalho com crianças na igreja. Também posto as lições de cada trimestre, que retiro do site http://www.advir.com/criancas/ onde baixo todos os auxiliares. Por isso não vejo a necessidade de colocar aqui, todas as partes de cada lição. Até quando puder continuarei postando apenas as histórias das lições, que estão nos auxiliares. Além de atividades e outras coisas mais. Espero estar ajudando e gostaria também de receber ideias novas. E assim continuar com esse site, que considero um trabalho na obra de Deus. Um grande abraço. Malu

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

CURRÍCULO DO ELO DA GRAÇA

1. É um programa preparado pela Associação Geral para a Escola Sabatina das crianças, com a contribuição da Igreja mundial, utilizando o conteúdo de 624 lições que vão desde o nascimento até os 13 anos de idade. 2. O estudo da Bíblia é abordado na forma de história. 3. O Antigo e o Novo Testamento são estudados de forma alternativa, a cada mês, de maneira que as crianças não passem oito meses sem estudar histórias a respeito de Jesus. 4. Apresenta as histórias do nascimento de Jesus em dezembro, e histórias da Sua morte em março ou abril. 5. Algumas histórias são ensinadas quando o conteúdo é considerado adequado à faixa etária. Inclui novas histórias da Bíblia para os juvenis. 6. A cada mês, focaliza a história sob uma dinâmica diferente da experiência do desenvolvimento da fé: Graça, Adoração, Comunidade ou Serviço. 7. Combina o programa e a lição ao redor de um tema, focalizando a mesma história e mensagem. Tudo se relaciona com o tema da lição (em uma hora). 8. Envolve ativamente as crianças na experiência de aprendizagem, levando em consideração as diversas maneiras pelas quais as pessoas aprendem. 9. Provê lições para o Rol do Berço e para o Jardim da Infância que seguem as mesmas histórias bíblicas e versos para decorar. Há apenas uma história bíblica por mês para o Rol do Berço, a fim de permitir a repetição necessária para essa faixa etária. 10. Sugestão para definição das faixas etárias de cada divisão: Rol do Berço – recém-nascidos há 3 anos (ciclo de 2 anos). Jardim da Infância – 4 a 6 anos (ciclo de 2 anos). Primários – 7 a 9 anos (ciclo de 4 anos). Juvenis – 10 a 12 anos (ciclo de 4 anos). Adolescentes – 13 a 15 anos (em preparo) “Elo da Graça” 1. Focaliza a aprendizagem e não o ensino. 2. Dá prioridade ao aluno. 3. Ajuda-o a descobrir a verdade por si mesmo. 4. Dá ao aluno a oportunidade de praticar o que aprende. As lições do Elo da Graça foram projetadas para: A. Introduzir a lição no sábado. O enfoque da Escola Sabatina é a lição. Na semana seguinte os estudantes revisam e aplicam os princípios estudados com a ajuda da história e das atividades nas lições da Escola Sabatina. Nesse dia, a lição aprendida na Escola Sabatina se torna a parte vital da experiência do desenvolvimento da fé da criança. B. Enfatizar o ponto desejado durante o tempo total destinado à Escola Sabatina. Os pontos enfatizados estão relacionados com uma das quatro dinâmicas da experiência do desenvolvimento da fé: Graça (Deus me ama), Adoração (eu amo a Deus), Comunidade (Amamo-nos uns aos outros), e Serviço (Jesus ama a você também). C. Atingir o estudante de acordo com a forma pela qual tem maior facilidade de aprender. Ao seguir o ciclo natural de aprendizagem, nas quais o esboço das lições se fundamentou, as crianças irão também se conectar com a ênfase da semana de forma a captar-lhes a atenção e a imaginação: 1. As atividades preparatórias dão ao aluno um motivo para aprender a lição. Essa seção apela para os aprendizes imaginativos que perguntam: “Por que devo aprender isto?” 2. A lição bíblica permite-lhe ensinar o conteúdo aos alunos, de forma envolvente. Essa seção apela para os aprendizes analíticos que perguntam: “O que necessito aprender?” 3. A aplicação da lição dá aos alunos a oportunidade de explorarem como a lição pode ser aplicada de forma prática a sua vida diária. Essa seção apela aos aprendizes com senso comum que perguntam: “Como isso funciona em minha vida?” 4. A troca de idéias na lição dá aos alunos a oportunidade de desenvolver meios pelos quais ensinar os novos conceitos aos outros. Essa seção apela para os aprendizes dinâmicos que perguntam: “No que isso irá se tornar? O que posso fazer para partilhar essa idéia com os outros?”. Nota: Os momentos de Oração e Louvor devem ser mantidos na Escola Sabatina, contudo, recomenda-se que a Escola Sabatina inicie com as atividades preparatórias, mesmo que algumas crianças ainda estejam chegando. Depois das atividades preparatórias, é importante passar os momentos de Louvor e Adoração que contribuirão para trazer o aluno à reverência e respeito. D. Oferecer aos alunos experiências de aprendizagem ativa a fim de que consigam internalizar mais facilmente as verdades apresentadas. Essas experiências são seguidas de seções de perguntas nas quais o aluno é levado a refletir naquilo que experimentou, é levado também a interpretar a experiência e a aplicar a informação à sua própria vida. E. Envolver o pessoal da Escola Sabatina de forma nova e flexível. * Uma classe pequena da Escola Sabatina pode ser dirigida apenas por um adulto. * Uma classe grande da Escola Sabatina pode ser dirigida pelo líder/professor assessorado por outros adultos voluntários, que devem acompanhar a interação nos grupos pequenos. Isso permite ao adulto que cuida do grupo pequeno o máximo de envolvimento com os alunos e sua dinâmica de aprendizagem e, ao mesmo tempo, requer preparo especial de sua parte.

Um comentário:

tera disse...

AMEI. DEUS EH MARAVILHOSO.VOU FALAR SOBRE O ELO DA GRACA NA MINHA IGREJA. MENINA VALEU